Transcenda… e até o TDAH pode desaparecer.

Pesquisa: A transcendência é um tratamento extremamente eficaz para o TDAH.

O TDAH pode ser causado por uma série de motivo. Muitas vezes um sintoma de estresse perturba o funcionamento normal do córtex pré-frontal do cérebro, o que pode levar ao diagnóstico de TDAH. No entanto, podem ocorrer problemas mais profundos: o TDAH pode ser associado ao fluxo de sangue insuficiente para o cérebro e à coerência muito baixa no EEG.
Independentemente das causas do problema, a transcendência pode ajudar porque, essencialmente, devolve o cérebro para seu ambiente natural e efetivamente trata os três problemas ao mesmo tempo: o córtex pré-frontal, o fluxo sanguíneo e coerência no EEG. Mais detalhes abaixo.

Pesquisa excepcional: 3 a 6 meses de MT reduzem os sintomas de TDAH.

Em 2011, um estudo confirmou o efeito da MT sobre o TDAH em crianças.
Apesar de ser apenas um estudo-piloto em pequena escala, os resultados foram tão impressionantes que foram veiculados em vários canais da televisão americana, veja o vídeo:

Neste estudo, crianças com idade entre 11 e 14 anos com sintomas graves de TDAH foram divididas aleatoriamente em 2 grupos, um grupo aprendeu a MT imediatamente e o outro, um grupo de controle, esperou 3 meses para aprender a técnica. O grupo da MT apresentou redução significativa nos sintomas de TDAH após 3 meses de prática, enquanto nenhuma melhora foi notada no grupo de controle. Após aprender a MT, o grupo de controle apresentou melhoria similar depois de 3 meses de prática, o primeiro grupo continuou apresentando melhoras.

theta beta rabio Este gráfico mostra claramente a evolução da relação de ondas cerebrais Theta / Beta em crianças ao longo de um período de 6 meses. Esta relação é muito alta em pacientes com TDAH, mas se apresenta próximo ao normal após 6 meses de prática da MT. Os alunos foram capazes de se concentrar melhor, de controlar seus impulsos e de melhorar suas habilidades de organização e de resolução de problemas. Seus resultados escolares melhoraram e apresentaram menos estresse, ansiedade e explosões de raiva.

As crianças com TDAH acham fácil aprender e gostam de praticar a MT.

A técnica só é eficaz se as crianças realmente praticarem. No caso da MT, este não é um problema, já que as crianças gostam de praticar a técnica da Meditação Transcendental. Em resposta à pergunta “Quanto você gosta de praticar a MT?”, a pontuação média foi de 5,3 em uma escala de 0 (nem um pouco) a 7 (muito).

Mind & Brain, The Journal of Psychiatry (2011, Vol 2, No 1). Clique aqui para ler a publição completaon-line (Inglês, pag.78).

Cura do TDAH: O que exatamente faz a transcendência?

A transcendência ativa o poder de cura do corpo, fazendo com quetensões acumuladas, e o estresse mais profundo desapareçam (ver TEPD),  assim, o potencial cerebral totalé restabelecido.

Estresse e o córtex pré-frontal

Sob estresse o córtex pré-frontal fica desativado, reduzindo o controle sobre a impulsividade

O córtex pré-frontal, a parte do cérebro logo acima dos olhos, é responsável pelo nosso “pensamento mais elevado”, ou seja, planejamento em longo prazo, controle de impulso, decisão se algo é certo ou errado. Esta parte é também conhecida como o diretor-geral ou “CEO do Cérebro”, já que a maioria das decisões acontece lá. O córtex pré-frontal do cérebro humano diferencia o homem do animal.

cérebro colorido 1

Funcionamento normal do cérebro

Quando o cérebro funciona normalmente, o fluxo de informação é a seguinte: a informação entra através do sistema sensorial, é enviada para o córtex pré-frontal, onde é processada e onde as decisões são tomadas, e enviadas para o sistema motor que aciona os músculos que devem responder..

cérbro colorido 2

Funcionamento do cérebro sob estresse

Quando está sob estresse, o mecanismo de desativação do córtex pré-frontal ocorre para nos proteger

No caso de estresse, este fluxo de informação muda. A informação desvia do córtex pré-frontal e flui diretamente do sistema sensorial para o sistema motor.

Há uma boa razão para que o cérebro se comporte dessa forma. Ao atravessar uma rua, por exemplo, vemos um carro se aproximar rapidamente, precisamos reagir rápido, sem hesitação. Não há tempo para pensar. Precisamos sair do caminho imediatamente, impulsivamente. Esse mecanismo existe para nos proteger quando nos sentimos ameaçado.

No entanto, este mecanismo não foi concebido para situações de estresse crônico. Quando alguém está constantemente exposto ao estresse, o córtex pré-frontal fica permanentemente desativado. O processo de pensamento é então reduzido automaticamente para o pensamento de curto prazo, para a impulsividade. Muitos sintomas de TDAH estão ligados à incapacidade de controlar a impulsividade. Essencialmente, estão associados ao estresse.

A Transcendência faz com que o cérebro frontal reviva

A transcendência ativa ainda mais o cérebro frontal.

Na transcendência o corpo entra em um estado profundo de repouso, permitindo que sejam removidas as tensões mais profundas, e que o cérebro frontal torne-se mais ativo. Isto pode ser avaliado através de exames de imagem neurais que medem o fluxo de sangue para o cérebro. A atividade no tálamo (relacionado às funções corporais) é reduzida, propiciando um estado de relaxamento, enquanto há um aumento da atividade no córtex frontal.

neural imaging

Pacientes com TDAH geralmente têm um fluxo de sangue muito baixo em certas áreas do cérebro. A prática da MT cria um aumento do fluxo sanguíneo.

Após várias semanas de prática da MT, o córtex pré-frontal irá se tornar mais ativo, mesmo fora da mediação, e as crianças muitas vezes percebem que tornam-se menos impulsivas.

Coerência no EEG

cérebro pontinhos

Parte do cérebro está sempre ativa, a atividade elétrica pode ser medida através de um eletroencefalograma (EEG), um dispositivo que vai exibir os impulsos elétricos ao longo do tempo sob a forma de uma onda.

As ondas de EEG de diferentes partes do cérebro são então enviadas para o computador que calcula, em tempo real, em que grau as diferentes ondas se sobrepõem (= exibição de coerência). Uma coerência grande significa que diferentes partes do cérebro funcionam juntas, como um todo.

Transcendência = aumento da coerência no EEG, TDAH = coerência no EEG muito baixa

Os pacientes com TDAH apresentam a coerência no EEG muito baixa, esta é outra maneira de avaliar objetivamente a incapacidade que o cérebro pode apresentar de funcionar normalmente. A prática da MT aumenta a coerência no EEG. A transcendência, na essência, é a experiência de unidade, fazendo com que o cérebro comece a funcionar normalmente (como um todo) de novo. O vídeo abaixo mostra essa avaliação em tempo real.

Essas mudanças nas ondas cerebrais permanecem dessa forma com a experiência de transcendência, alcançada através da técnica da MT. Este grau de alta coerência não foi observado em outras técnicas de meditação e de relaxamento.
Quanto mais se experimenta a alta coerência no EEG, mais o cérebro se acostuma com esse estado. A coerência no EEG se mantém alta também fora da prática da MT, é o que apresenta a pesquisa abaixo. Ref

brain coherence
Este gráfico mostra a evolução dos valores médios de EEG em 50 estudantes ao longo de 12 meses. Não há diferença da coerência no EEG durante os exercícios da MT para os que praticam há 2 meses ou há 12 meses. A transcendência não melhora com a prática. Como é um processo totalmente natural, é possível transcender na primeira vez. Contudo, podemos ver a diferença durante a atividade fora dos exercícios da MT: o aumento da coerência no EEG torna-se mais estabilizado.

O mesmo foi observado no estudo sobre TDAH. O gráfico abaixo mostra linhas entre as diferentes áreas do cérebro, coerentes entre si. A coerência foi medida no início do estudo, e novamente no final, e os dados foram cruzados. As linhas indicam o aumento da coerência (fora da prática da MT), após um período de 3 meses.
condor group

O resultado fica evidente, no grupo de controle não houve diferença após três meses de avaliação. Já o grupo de MT apresentou aumento óbvio da coerência no EEG. Depois que o grupo de controle aprendeu a MT, também apresentou forte aumento da coerência no EEG após 3 meses de prática. Ref

Embora a MT seja agradável e tenha demonstrado ser um tratamento eficaz, não encorajamos que você pare com o tratamento normal. Muitos pacientes com TDAH logo percebem de forma espontânea que eles irão precisar de menos medicação, mas é muito importante que isso aconteça aos poucos, sempre de acordo com seu médico.

Redução nos sintomas de TDAH

Um estudo piloto investigou os efeitos da Meditação Transcendental (MT) no desempenho de tarefas e no funcionamento cerebral de 18 alunos com TDAH com idade entre 11 e 14 anos. Os estudantes foram previamente testados e distribuídos aleatoriamente em 2 grupos que aprenderam a técnica da MT. O primeiro grupo aprendeu a técnica após 3 meses do início do

estudo e o segundo, após 6 meses. Os alunos do primeiro grupo, após 3 meses de prática, apresentaram reduções significativas nos índices teta / beta, aumento da coerência teta, tendência para aumento da coerência alfa e beta 1 e melhora na leitura. O segundo grupo, após 3 meses de prática, também apresentou diminuição nos índices teta / beta e melhora na leitura.

Além disso, todos os alunos demonstraram avanços significativos em cinco sintomas de TDAH, ao longo dos seis meses do estudo, conforme relatado pelos relatórios apresentados pelos pais.

Melhor desempenho em tarefas de funções executivas de alunos com TDAH

improved

Alunos diagnosticados com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), que aprenderam a técnica da Meditação Transcendental, apresentaram após três meses de prática melhor desempenho em tarefas que requerem função executiva, tais como: mais atenção, maior precisão, maior habilidade em classificação e switching categories. Ref

Melhora da Avaliação da Função Executiva realizada por professores de alunos com TDAH

melhora da avaliação
Os alunos com diagnóstico de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) que aprenderam técnica da Meditação Transcendental foram avaliados pelos professores após três meses praticando a técnica. Apresentaram melhora em várias funções executivas, maior capacidade cognitiva e autocontrole. Ref

Diminuição do Estresse, Ansiedade e dos sintomas de TDAH

diminuição do stress

Alunos da Escola para Pacientes com Estresse e TDAH (transtorno de déficit de atenção e hiperatividade), que praticaram a técnica da Meditação Transcendental durante três meses, conseguiram reduzir o estresse, a ansiedade e os sintomas de TDAH, observado tanto pelos professores e por eles próprios. Através da realização de um teste variado, o valor de p no gráfico indica melhoria nas seguintes sub-escalas: ansiedade / depressão, retraimento / depressão, problemas afetivos, problemas de ansiedade, problemas de atenção, problemas de TDAH e problemas gerais; as barras no gráfico indicam mudança na totalidade dos problemas. Ref

Artigo da BBC sobre a MT e TDAH
Josh Goulding é um dos muitos pacientes com TDAH, que voltou a ter uma vida normal com a ajuda da MT, sem precisar de medicação. Ver vídeo da BBC News: A Meditação como Medicação.